Em sete meses, Jaboticabal conquista R$ 1.4 milhão em recursos para Saúde

Emendas serão destinadas à compra de veículos, ambulâncias, equipamentos e custeio de serviços

29/07/2017 - 11:07:50

Diante da crise financeira que o Brasil atravessa, torna-se indispensável a busca por recursos nos governos Federal e Estadual. Diante do desafio de melhorar os serviços oferecidos pela Secretaria de Saúde, apenas em 2017, Jaboticabal recebeu aproximadamente R$ 1,4 milhão em emendas parlamentares.
Os recursos serão destinados à compra de ambulâncias, veículos de passeio utilizados no transporte de pacientes, equipamentos para unidades e no custeio dos serviços oferecidos diariamente à população.
“Garantir atendimento de qualidade à população é um grande desafio da Secretaria Municipal de Saúde, por isso, a confirmação desses recursos é muito importante. Não posso deixar de agradecer a câmara de vereadores e aos deputados amigos de Jaboticabal pelo empenho neste momento”, afirma o prefeito José Carlos Hori.
Acompanhe abaixo os recursos destinados para Jaboticabal:
Aquisição de micro-ônibus e van para o transporte de pacientes:
R$ 242 mil – Deputado Arnaldo Jardim
R$ 190 mil - Deputado Samuel Moreira
Aquisição de quatro automóveis e equipamentos:
R$ 200 mil – Senador Aloysio Nunes
R$ 8 mil – Deputado Arnaldo Jardim
R$ 200 mil – Deputado Guilherme Mussi
Aquisição de equipamentos de informática:
R$ 99.800 – Deputado Guilherme Mussi
Custeio do PAB (Atenção Básica)
R$ 200 mil – Deputado Gilberto Nascimento
Custeio MAC (Média e Alta Complexidade)
R$ 50 mil – Deputado Gilberto Nascimento
R$ 300 mil – Vinícius Carvalho
R$ 80 mil
Aquisição de aparelhos de ar-condicionado
R$ 10 mil – Deputado Arnaldo Jardim
R$ 10 mil – Deputado Samuel Moreira
“Os recursos estão empenhados e, em breve, os primeiros processos licitatórios serão realizados. Esses recursos são fundamentais para os avanços propostos para a rede municipal de saúde. Inauguramos um novo Ciaf, recebemos dois novos veículos e, muitos outros projetos importantes serão implantados”, finaliza Hori.

 

Autor: Jornal a Gazeta